Estudo para as Testemunhas de Jeová: Jesus é Jeová

Posted: 7 de Dezembro de 2009 by mundomaranatha in Jesus

As testemunhas de Jeová ensinam que Jesus é uma criatura de Jeová. As escrituras ensinam que Jesus é Jeová, a perfeita Imagem do Pai. Jesus não é uma criatura.

 

Prova 1:

 

João Batista viria preparar o caminho para a aparição de Jeová:

 

Profecia 700 antes de Cristo

 

(Isaías 40:3-5) – Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do SENHOR; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.

Todo o vale será exaltado, e todo o monte e todo o outeiro será abatido; e o que é torcido se endireitará, e o que é áspero se aplainará.

E a glória do SENHOR se manifestará, e toda a carne juntamente a verá, pois a boca do SENHOR o disse.

Cumprimento 26-27 DC

 

(Mateus 3:3) – Porque este é o anunciado pelo profeta Isaías, que disse: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, Endireitai as suas veredas.

Prova 2: Jeová não divide sua glória, mas Jesus possui a glória de Jeová.

A Bíbliz diz que Jeová não dará sua glória  a nenhum ser criado (Isaías 42:8; 48:11). Então como pôde o Senhor Jesus pedir ao Pai: “Glorifica-me junto de ti com a glória que eu tive junto de ti antes de haver o mundo”? (João 17:5, Tradução do Novo Mundo) e como pôde Pedro atribuir glória a Cristo? (II Pedro 3:18), e como puderam os anjos, os seres viventes e os anciãos atribuir glória ao Senhor Jesus? (Apocalipse 5:11,12), e como poderá Jesus regressar na glória de seu Pai? (Mateus 16:27):

Textos Básicos

(Isaías 42:8) – Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.

(Mateus 16:27) – Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras.

Prova 3: Jeová foi Traspassado

Jeová refere-se a Si mesmo como sendo traspassado. Zacarias 12:1 torna claro que Jeová é o que fala em todo o capítulo 12. No versículo 10 Ele diz: “Certamente olharão para mim a quem traspassaram”. Todos sabemos que foi o Senhor Jesus Cristo que foi traspassado na cruz (ou estaca de tortura, para quem assim preferir), e Apocalipse 1:7 declara que “todo olho o verá, até os que O traspassaram”.

 

Prova 4: Jesus se declara O EU SOU e é quase apedrejado por ter se declarado Jeová:

Texto bíblico:

(João 8:53-59) – És tu maior do que o nosso pai Abraão, que morreu? E também os profetas morreram. Quem te fazes tu ser?

Jesus respondeu: Se eu me glorifico a mim mesmo, a minha glória não é nada; quem me glorifica é meu Pai, o qual dizeis que é vosso Deus.

E vós não o conheceis, mas eu conheço-o. E, se disser que o não conheço, serei mentiroso como vós; mas conheço-o e guardo a sua palavra.

Abraão, vosso pai, exultou por ver o meu dia, e viu-o, e alegrou-se.

Disseram-lhe, pois, os judeus: Ainda não tens cinqüenta anos, e viste Abraão?

Disse-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que antes que Abraão existisse, eu sou.

Então pegaram em pedras para lhe atirarem; mas Jesus ocultou-se, e saiu do templo, passando pelo meio deles, e assim se retirou.

Comparação com o Antigo Testamento:

(Êxodo 3:13-14) – Então disse Moisés a Deus: Eis que quando eu for aos filhos de Israel, e lhes disser: O Deus de vossos pais me enviou a vós; e eles me disserem: Qual é o seu nome? Que lhes direi?

E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós.

Conclusão

Quem falava com Moisés era Jeová, mas ainda existe um mistério. (Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós – Exodo 3:14). Ele era Jeová, mas Jeová também o enviou.

Isso ocorre pois Deus é uma unidade tríplice.

Deus é unidade absoluta no Islamismo, não no Cristianismo. No cristianismo Jesus é o CRIADOR junto com o Pai. A Bíblia fala de Jesus:

(Colossenses 1:15-17) – O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.

E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele.

(João 1:2) – Ele estava no princípio com Deus.

(João 1:3) – Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

Dessa maneira, se você é testemunha de Jeová, abandone esta religião e venha ser uma testemunha do verdadeiro Jeová: Jesus Cristo!

(Atos 4:12) –  E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.

 

Comentários
  1. Lúcio diz:

    Lúcio, em Dezembro 8th, 2009 às 12:12 pm Diz:
    As “provas” não comprovam, se analisadas pela lógica não-trinitária das escrituras:

    1. João Batista veio preparar os caminhos de JEOVÁ, que visitou o mundo – não pessoalmente – mas através de seu representante, Jesus Cristo.

    2. Partilhar da glória de Jeová não é dividi-la, pois os que vão para o céu também partilharão dela, e nem porisso são Deus com o Pai e com o Filho.

    3. Sobre Jeová ter sido transpassado, Jesus menciona situações similares que são auto-explicativas para um bom entendedor: “Quem vos recebe, a mim recebe.” “O que fizerdes a um destes meus irmãos, a mim o fizestes”. “Quem honra o Filho, honra o Pai”. Quem transpassa o Filho, transpassa o Pai. Isto não significa que o Pai é o Filho.

    4. O contexto torna claro que o que Jesus está dizendo é que “antes de Abrahão existir, ele já existia”. Ele não afirmou que era o Eu Sou, Os judeus queriam apedrejá-lo por ele afirmar pré-existir à Abrahão, como se ele fosse maior do que seu maior Patriarca.
    Na mente deles, só Deus é maior que Abrahão.

    A doutrina católica e não bíblica da Trindade se perpetuou na maioria das igrejas evangélicas. Os adventistas quase se salvaram, pois houve um tempo em que a rejeitaram. Mas prevaleceu o “bom senso” de não se incompatibilizar de maneira tão definitiva com as demais igrejas evangélicas.

    Não é possível às Igrejas retrocederem de seus dogmas já estabelecidos. Pessoas individuais é mais fácil. Convido a todos os que desejam adorar ao Pai em espírito e em verdade (Jo 4:23, 24) para se unir ao grupo dos que o consideram “o Único Deus Verdadeiro” (jo 17:3). E O servirmos em associação com seu principal adorador, Jesus Cristo, “único nome dado entre os homens através de quem importa que sejamos salvos” (At 4:12).

    IASD, em Dezembro 8th, 2009 às 5:31 pm Diz:
    Lúcio, o Pai NÃO É o Filho. A doutrina trinitariana não ensina isso! O Filho é a IMAGEM PERFEITA DO PAI (Hebreus 1:1-3) tendo poder para criar e sustentar o Universo. Ele não é uma criatura, mas Jeová de Jeová. Uma criatura não teria poder de sustentar bilhões de estrelas, planetas, sistemas solares, galáxias e ainda se lembrar que existem humanos com menos de 2 metros de altura num planeta que não passa de uma poeira do Universo:

    (Hebreus 1:2) – A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.
    (Hebreus 1:3) – O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas;

    Lúcio, em Dezembro 8th, 2009 às 7:31 pm Diz:
    Desculpe, amigo, mas o Filho não teria nenhum poder “se não tivesse sido dado pelo Pai”. “Todo o poder me foi dado no céu e na terra”, disse ele aos apóstolos, antes de sua ascensão aos céus.

    Qualquer pessoa poderia sustentar o universo, perdoar pecados, ressuscitar mortos etc, se Deus assim o quisesse e lhe desse o poder necessário.

    O Filho não exerceu sua função de sustentador do universo pelo menos no período em que passou como homem aqui na terra, e especialmente nos três dias em que esteve morto e sepultado. Teria ficado o universo no “piloto automático” , ou sob os cuidados do Pai ou de um anjo designado por Ele? Não sabemos. A tarefa é assombrosamente importante, mas se o Pai quisesse, até o apóstolo Paulo poderia executá-la, pois ele disse: “Tudo [nclusive sustentar o universo] posso naquele que me confere poder”.

    Jesus não queria humilhar os apóstolos quando lhes disse: “Vós viveis (existis) por causa de mim”. E não se sentiu humilhado em admitir: “Eu vivo (existo) por causa do Pai.” (Jo 6:57). O Pai, no entanto, não vive por causa do Filho. Ele é sua própria causa, senão o único Ser que não tem causa.

    Sei que o assunto é historicamente polêmico, mas uma investigação cuidadosa das escrituras poderá dirimir dúvidas dos que buscam a verdade.

    • mundomaranatha diz:

      Caro amigo e irmão em cristo lucio

      Entendo o que queres dizer, porém se for no capitulo 1 de Hebreus irá ver o próprio Deus o Pai chamando a Jesus de Deus. Se Deus o Pai chama a jesus de Deus e fala que dele é a gloria o louvor, tem alguma coisa ai.

      E se por acaso o que você diz for verdade, Deus o Pai criou a Jesus, se deus é umitável nele não há nem sobra de variação (Tiago 1:17) e Deus o pai criou Jesus, então houve tempos que Deus o Pai não era Pai, então houve uma mudança no carater de Deus.

      Mais esclarecimentos, entre em contato conosco

      Maranatha

  2. sami diz:

    A verdade é que em Daniel está escrito que na parte final dos dias (que nós já estamos vivendo) o verdadeiro conhecimento ficaria abundante e somente os perspicaz entenderiam. Esse conhecimento de que Deus é uma trindade é velho, “não faz parte do novo conhecimento, que seria o verdadeiro” sigla: (n f p do n c q s v). Pagar o dízimo é coisa velha, tanto que faz parte só do velho testamento (n f p do n c q s v) Ignorar o pai de Jesus (Jeová) é coisa velha, meu bisavo só reconhecia o filho como a maioria das religioes babilônicas de hoje em dia (n f p do n c q s v). Acreditar que Deus queimará as pessoas más eternamente é coisa velha (n f p do n c q s v). O novo conhecimento é que as religiões não devem se envolver ou apoiar o sistema político, comercial (festa de natal, ano novo, dia dos pais dia dos namorados, S.João e outras babaquices) tem que ir pregar (não só no pulpito). Sai dela (da babilonia a grande o imperio mundial da religiao falsa) se não quiser ser destruido com ela.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s