Seu Glorioso Aparecimento

Posted: 6 de Maio de 2010 by mundomaranatha in Volta de jesus
Tags:


Quantcast

//

“O Senhor não quer que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento”—2 Pedro 3:9

Por Ellen G. White

Entre o primeiro e o segundo advento de Cristo, será observado um maravilhoso contraste. Nenhuma linguagem humana poderá retratar as cenas da segunda vinda do Filho do homem nas nuvens dos céus. Ele virá com Sua própria glória, com a glória do Pai e dos santos anjos. Virá envolto em um manto de luz, o qual tem usado por toda a eternidade. Anjos O acompanharão. Milhões de anjos irão escoltá-Lo por todo o caminho. Será ouvido o som da trombeta chamando os que dormem nas sepulturas. A voz de Cristo atravessará os túmulos e penetrará os ouvidos dos mortos, “e todos os que estiverem nos sepulcros … sairão”.

“E todas as nações serão reunidas em Sua presença.” O mesmo que morreu pelos homens os julgará no último dia; pois o Pai “a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento: … e Lhe deu autoridade para julgar, porque é o Filho do homem”. Que dia será aquele, quando todos os que rejeitaram a Cristo contemplarão Aquele que foi traspassado pelos seus pecados! Saberão, então, que Ele lhes teria oferecido todo o Céu se tivessem se colocado ao Seu lado como filhos obedientes por quem pagou infinito preço por sua redenção, mas que rejeitaram a liberdade pela terrível escravidão do pecado.

Cenas da Vida do Mestre

Enquanto contemplam Sua glória, passa como lampejo em sua mente a memória do Filho do homem vestido em Sua humanidade. Lembram-se de como O trataram, como O rejeitaram … As cenas da vida de Cristo aparecem claramente diante deles. Tudo o que fizeram, tudo o que disseram, a humilhação a que foi exposto para salvá-los da mácula do pecado, está diante deles a condená-los.

Eles O contemplam entrando em Jerusalém, presenciam Sua agonia e lágrimas perante a cidade impenitente que rejeitou Sua mensagem. Sua voz, que foi ouvida convidando, em súplica, em tom de gentil dedicação, parece cair sobre seus ouvidos.

A cena no Jardim do Getsêmani ergue-se diante deles, e ouvem a impressionante oração: “Pai, se possível, passa de Mim esse cálice.”

Mais uma vez, eles ouvem Pilatos dizer: “Eu não acho nEle crime algum”. Acompanham a cena vexatória da sala do julgamento, com Barrabás em pé ao lado de Cristo, e onde tiveram o privilégio de escolher O inocente. Ouvem mais uma vez as palavras de Pilatos: “Qual quereis que vos solte? Barrabás, ou Jesus, chamado Cristo?” E eles ouvem a resposta: “Este não, mas Barrabás.” Para a pergunta de Pilatos: “Que farei então de Jesus, chamado Cristo?” a resposta veio: “Seja crucificado.”

Mais uma vez, eles veem seu Sacrifício a suportar o opróbrio da cruz. Ouvem os fortes e triunfantes insultos exclamando: “Se és Filho de Deus, desce da cruz.” “Salvou os outros, e a Si mesmo não pode salvar-Se.”

Agora O contemplam, não no Jardim do Getsêmani, não na sala de julgamento, não na cruz do Calvário. Os sinais de Sua humilhação haviam passado e olham para a face de Deus – face em que cuspiram, face na qual os sacerdotes e juízes bateram com a palma das mãos. Agora, a verdade, com toda a nitidez, lhes é revelada. Terão que encarar a fúria do Cordeiro, dAquele que veio para extirpar o pecado do mundo, dAquele que sempre lhes ofereceu infinita ternura, resignada paciência e inexprimível amor. Percebem que perderam todas as riquezas de Sua grande salvação. Ao olhar para Aquele que morreu para retirar-lhes a culpa, clamam às rochas e montanhas: “Caí sobre nós e escondei-nos da face dAquele que Se assenta no trono e da ira do Cordeiro, porque chegou o grande Dia da ira deles; e quem é que pode suster-se?”

Revisão de Minha Vida

Estamos em meio aos perigos dos últimos dias. As cenas do conflito se agitam e o dia dos dias está perto de nós. Estamos preparados para esse evento? Toda obra, pequena ou grande, será trazida ao nosso conhecimento. O que aqui foi considerado trivial será, então, exposto como é. As duas moedas da viúva serão reconhecidas. O copo de água fria oferecido a alguém, a visita à prisão, os famintos alimentados, cada ação trará sua própria recompensa. E os deveres negligenciados, aquele ato egoísta, não serão esquecidos. No tribunal aberto ao redor do trono de Deus, ele aparecerá como algo muito diferente do que quando foi praticado. O pecado secreto, que agora parece insignificante, quando colocado diante dos homens sob a luz da face de Deus, parecerá atroz.

Como estão nossos registros nos livros do Céu? Escolhemos nós ser participantes com Cristo de Seus sofrimentos? Estamos aprendendo na escola de Cristo, Sua mansidão e humildade de coração? Temos permanecido ao lado de Jesus e suportado Seu opróbrio? Temos tomado Seu jugo sobre nós e levantado na cruz a abnegação e sacrifício próprio? Estamos ajudando ao Senhor a suportar Seu fardo e cooperando em Sua obra?

Plano da Salvação Completo

Satanás desceu com grande poder, … mas não é necessário que ninguém seja enganado; e não o seremos, se tomarmos nossa posição com Cristo, e segui-Lo por meio do bom e do mau relatório. … O glorioso memorial do maravilhoso poder de Deus em breve será restaurado ao seu lugar de direito. O paraíso perdido será então o paraíso restaurado. O plano de Deus para a redenção do homem estará completo. O Filho do homem colocará sobre os justos a coroa da vida eternal, e eles “O servem de dia e de noite no Seu santuário; e Aquele que Se assenta no trono estenderá sobre eles o Seu tabernáculo. Jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum, pois o Cordeiro que Se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima.”

……………………………………………………………………………………………..

Este artigo foi extraído de um dos primeiros que foram publicados na Advent Review and Sabbath Herald, hoje Adventist Review, de 05 de setembro de 1899. Os adventistas do sétimo dia creem que Ellen G. White exerceu o dom profético bíblico durante mais de 70 anos de ministério público.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s