Profetas antigos e contemporâneos

Posted: 7 de Dezembro de 2010 by mundomaranatha in Profecia
“Certamente o Senhor Jeová não fará coisa alguma, sem ter revelado seus segredos aos seus servos, os profetas”. Amós 3:7

No princípio Deus se comunicava pessoalmente com os seres humanos, mas depois do pecado, uma brecha foi posta entre Deus e o homem. O pecado criou uma espécie de muralha espiritual separando o Criador da criatura. “Mas as vossas iniqüidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós para que não vos ouça”. Isaias 59:2.

Deus tinha a intenção de restaurar o homem, tinha por eterno amor o intuito de buscar o homem no mais fundo poço das trevas espirituais. Por meio de Cristo, Deus restauraria por completo o ser humano. Pois a escritura diz que:

“Como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte…” (Rom 5:12),
Por esta razão Jesus se tornou o meio pelo qual o homem poderia viver novamente. Rom. 3:24.
Como restaurar a comunicação entre o céu e a terra já que ela foi interrompida pelo pecado? Por essa razão Deus usou homens orientados pelo Espírito Santo para nos trazer sua mensagem de salvação.
“E falarei aos profetas, e multiplicarei a visão; e pelo ministério dos profetas proporei símiles”. Oséias 12:10.
Deus jamais revelará algo sem antes revelar aos seus profetas. Amós 3:7.
Os profetas não existiram apenas para escrever as escrituras que temos hoje. Os profetas eram a voz de Deus para ajudar o ser humano no entendimento da verdade que a escritura queria transmitir.
Exemplo:
No tempo de Elias, uma grande multidão de pessoas interpretava a verdade de forma errada. Se não fosse Elias ajudar o pequeno povo de Deus a entender o que realmente as escrituras queriam dizer, até o povo de Deus teria se apostatado.
No tempo de Jeremias, em 629 ac, se Deus não falasse por intermédio dele, o povo já teria se apostatado, pois interpretariam a verdade erroneamente.
Em todos os tempos Deus teve um profeta para guiar sua igreja.

Moisés – 1571
Ido – 951
Profetas Menores
Miriam – 1491
Azaria filho de Obede – 941

70 anciãos – 1490
Hanãni – 940
Jonas – 862
Balaão – 1452
Elias – 912
Joel – 800
Josué – 1451
Zacarias – 840
Amós – 787
Débora – 1316

Oséias – 785
Anônimo – 1249

Miquéias – 750
Samuel – 1141

Naum – 713
Gade – 1062
Profetas Maiores
Sofonias – 630
Nata – 1034

Habacuque – 626
Davi – 1033
Isaias – 760 à 698
Obadias – 587
Aias o Silonita – 980
Jeremias – 629 à 585
Ageu – 520
Profeta velho de Betel – 975
Ezequiel – 595 à 574
Zacarias – 519
Semaias – 971
Daniel – 603 à 534
Malaquias – 397

A igreja de Deus no ano 397 ac ao ano aproximado zero, apostatou-se fazendo interpretações próprias das Escrituras, criando dogmas e preceitos que não existiam. Mas o que levou a igreja a se apostatar de tal forma que não pode nem mesmo compreender as profecias referentes à vinda de Cristo como o messias prometido? O que levou os judeus a deixarem a verdade e crucificarem aquele que era o centro dos livros dos profetas? Será que Deus deixou de enviar um profeta para instruí-los?

“Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados!…”. Mat. 23:37.
Os judeus ficaram sem profeta de 397 ac até a vinda de João Batista, porque perseguiam os profetas e por esta razão erraram ao interpretar as verdades. Em realidade nem haveria a necessidade de enviar mais profetas se eles não examinassem as escrituras com seus sentimentos egoístas.
Será que hoje em nossos dias precisamos de um profeta para nos instruir em toda a verdade? Será que se não tivermos um profeta para guiar a igreja do tempo do fim, para ser a voz de Deus, podemos estar seguros?
Um dia alguém disse que não precisamos de profeta, pois já temos a verdade, temos a escritura. Se pessoas acreditam desta forma, o que dizer da igreja dos apóstolos, como Paulo, Pedro, Barnabé, Tiago, João, etc. Será que eles precisaram de um profeta para não errar na interpretação da escritura?
Até mesmo eles precisavam do profeta, pois se não tivessem, com certeza teriam cometido alguns erros doutrinários. Atos 15:32,34.
No capítulo quinze de atos, fala de um conflito doutrinário que os apóstolos estavam enfrentando. Relativamente, quem consertou quase toda a situação foram dois profetas que estavam no meio dos discípulos.
Será que a Igreja de Hoje seria orientada por Deus através de um profeta? Será que hoje teríamos um profeta para nos instruir?
“Pelo que diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens…. E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para doutores e pastores”. Efésios 4:8-11.
“Irou-se o Dragão contra a mulher e foi fazer guerra ao resto de sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus e tem o testemunho de Jesus”. Apoc.12:17 “…O testemunho de Jesus é o Espírito de profecia”. Apoc. 19:10.
“Edificados sobre o fundamento dos Apóstolos, dos profetas, e do qual Jesus Cristo é a principal pedra de esquina”. Efésios 2:20.
Através destes versos, fica evidente que tanto a igreja primitiva quanto a que acompanha no fim dos tempos, teria o dom de profecia. (profeta).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s